Home . Blog . Conheça nosso processo de rentabilidade para o associado

Conheça nosso processo de rentabilidade para o associado

Descubra o que é a atividade de fomento mercantil, como surgiu no Brasil, como funciona as operações e desmistifique alguns conceitos

Conheça nosso processo de rentabilidade para o associado

Introdução


Olá, tudo bem?

Nesse artigo quero explicar para você, como funciona o nosso processo de rentabilidade que geramos para os nossos associados.

Esta é uma dúvida que surge frequentemente quando os potenciais associados - como você - visitam nosso site ou recebem informações sobre o nosso modelo de negócio através de pessoas que já estão tendo lucros com a Maximus.

Porém antes de começar a lhe explicar o funcionamento do nosso processo de rentabilidade para nossos associados, você precisa entender o que é fomento mercantil.

Por que precisa entender? Porque é o principal negócio da Maximus (core business).

O que é fomento mercantil


Fomento mercantil é uma operação financeira onde uma empresa compra os direitos creditórios de outra. O pagamento por esses direitos creditórios é feito à vista, entretanto com um desconto. Com isso as empresas conseguem antecipar seus recebíveis impulsionando seus negócios.

Para saber mais sobre fomento mercantil, clique aqui.

“ Com a consolidação do segmento que hoje movimenta em torno de *R$ 81 bilhões, por ano, a entidade lutou pela aprovação de legislação que consolide o balizamento legal do fomento comercial no Brasil. ”

Bom, vamos ao que interessa. Vou demonstrar o funcionamento do nosso processo. Antes entenda um pouco mais sobre a forma de atuação da Maximus.

Forma de atuação da Maximus


Como já mencionei em parágrafos acima, o principal negócio da Maximus é fomento mercantil. Ainda assim, nós realizamos outras operações como: aquisição e fusões de empresas e investimentos em empresas e start-ups.

Nossos clientes são micros, pequenas e médias empresas que atuam nos seguintes seguimentos:

  • Agronegócio
  • Industrial
  • Imobiliário
  • Serviços
  • Comercial
  • Warrants

É através dessas operações que a Maximus gera lucro para a empresa. No entanto, criamos uma forma de potencializar nossas operações. Essa forma foi abrir para que pessoas se associem na Maximus através de aportes (confira nossos planos de associação)

Agora vou falar sobre o modelo de associação que a Maximus criou para potencializar suas operações e consequentemente gerar altas rentabilidades com segurança para os associados.

Modelo de associação à Maximus


A Maximus vislumbrou uma forma de potencializar suas operações de fomento mercantil através do modelo de associação. Esse modelo permite que pessoas se associem à Maximus e realizem aportes na empresa.

Esse aportes servem como potencializadores em nossos caixas, fazendo com que possamos realizar mais operações de fomento mercantil, gerando muito mais lucros.

Com essa potencialização nos lucros graças aos associados, a Maximus paga percentuais (de acordo com o plano de associação escolhido) em cima dos aportes realizados pelos associados.

Para lhe ajudar a entender melhor ainda nosso processo de rentabilidade, fizemos esse inforgráfico abaixo. Confira!

Como funciona o processo de rentabilidade para o associado da Maximus


Leia também
Descubra como asseguramos totalmente o seu aporte na Maximus

Conclusão


A atividade de fomento mercantil - ou factoring - é extremamente importante para o dsenvolvimento econômico do país, pois ajuda empreendedores a impulsionar seus negócios gerando oportunidades de emprego para a sociedade.

Entendendo isso, a Maximus criou um modelo de negócios que beneficía o desenvolvimento econômico em geral como pessoas que querem impulsionar seu dinheiro, empresas que precisam impulsionar seu crescimento e a própria Maximus.

Espero ter lhe ajudado a entender o que é e como funciona nossa processo de rentabilidade para os nossos associados. Agora te convido a conhecer nossa plataforma on-line (clique aqui para conhecer), onde você pode descobrir como fazer o seu dinheiro render de forma segura e sustentável.

Um abraço!


Sabrina H.
Diretora de Relacionamento
Editora Chefe do blog



Deixe seu comentário